REFLEXÕES DA DIRIGENTE
                  Texto de Ana Vitória Monteiro

Arte e Ayahuasca

O trabalho de estudo e pesquisa envolvendo a Ayahuasca é recente, no entanto a Arte do Conhecimento Transcendental, ou seja, a Arte do Êxtase, é antiga.

Todos têm ouvido muito sobre Xamanismo nestes dias, e o que sabemos sobre xamanismo, pajelança, artes arcaicas do Êxtase, enfim, é muito pouco, resgatar a nossa história nativa e o que ela influencia (e influenciou) os nossos costumes urbanos até os dias de hoje é uma tarefa muito grande.

O xamanismo baseado na Ayahuasca é um fenômeno indígena e pertence às tribos indígenas da Amazônia Ocidental que guardam as chaves de um caminho para o conhecimento que vêm sendo praticando, sem interrupção, pelo menos nos últimos 5 000 anos. Mas nas cidades, no mundo urbano, este interesse é recente, creio que seja cerca de 100 anos.

No entanto nos últimos tempos tem surgido uma curiosidade cada vez mais crescente sobre os segredos nativos da cura do corpo e do Espírito, além do legítimo direito que temos de saber quem SOMOS, qual é a nossa raiz.

O brasileiro está tendo uma formidável mudança de comportamento, ao mesmo tempo em que estuda sobre os filósofos e pensadores europeus começa a se voltar para o SABER ancestral dos nativos da floresta, surgindo um novo fenômeno, sem precedentes na história o XAMANISMO URBANO, com ou sem plantas de PODER.

Continue Lendo

Download Free FREE High-quality Joomla! Designs • Premium Joomla 3 Templates BIGtheme.net